terça-feira, 29 de outubro de 2013

V CONGRESSO NACIONAL DA CENTRAL DE MOVIMENTOS POPULARES

As educadoras do Programa Urbano participaram do V Congresso Nacional da Central de Movimentos Populares que aconteceu, no Parque Ipanema. IPATINGA – MG. O encontro recebeu 20 delegações de entidades de vários estados brasileiros para fazer uma análise dos 20 anos de trabalho da CMP em prol das entidades filiadas que defendem os direitos de moradia, idoso, criança e adolescente, mulher, negros, saúde, juventude, economia solidária, GLBTS, trabalhadores sem teto, dentre outras áreas de atuação.

O encontro nacional da Central é realizado a cada três anos e o último encontro nacional aconteceu em Brasília no ano de 2009. o dia 31 de maio como o dia Nacional de Luta por políticas públicas com participação popular.

Além das oficinas temáticas - que abordaram atuação dos movimentos populares, políticas públicas, participação popular, o papel dos conselhos e conferências na formulação e implantação de políticas sociais - o encontro também  elegeu a nova diretoria da CMP. O evento contou com cerca de 500 delegados, eleitos em Congressos Estaduais realizados em todo o país.  

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

PÃO E ARTE VAI VIRAR COOPERATIVA DE MULHERES

O Grupo Pão e Arte vai se tornar uma cooperativa de mulheres, com o apoio do MDF (Movimento de Defesa do Favelado). O projeto vai beneficiar  mulheres que moram no Bairro IV Centenário- zona leste e de favelas próximas.

A educadora do Programa Urbano, Josefa Vieira dos Santos (Zeza), esta acompanhando esse processo. O curso de formação, capacitação e constituição da cooperativa  está acontecendo no espaço cedido pela Comunidade Católica Moisés Libertador, da Paróquia São Paulo Apóstolo (Setor São Mateus). As oficinas ocorrem uma vez por mês, para discutir  temas como: Economia Solidária, Cooperativismo, Estatuto de Constituição, Administração e Alimentação Natural e Saudável. 

O projeto é financiado pela Caixa Econômica Federal. FSA Caixa/ODM com acordo de cooperação por dois anos. Além do MDF e Caixa, o projeto conta com o apoio da Cooperativa de Reciclagem  Recifavela,  Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos e  CAFOD - Agência Católica da Inglaterra e País de Gales.