domingo, 9 de março de 2014

8 de março de 2014: Dia de luta pelos direitos das mulheres e homenagem às vítimas da Ditadura


No ato do Dia Internacional da Mulher 2014, em São Paulo, com faixas, cartazes, músicas e discursos as mulheres reafirmaram a necessidade da luta permanente de todas contra a violência,  por dignidade, salário igual para trabalho igual.

Em 2014 completa 50 anos do golpe militar no Brasil e o ato fez homenagem  às mulheres que foram presas e assassinadas pela ditadura Militar.  A manifestação  começou no Vão Livre do Masp, na Avenida Paulista seguiu em caminhada pela Rua da Consolação até a Praça Roosevelt.


LEI MARIA DA PENHA
A Lei Maria da Penha, promulgada no dia 7 de agosto de 2006, criou mecanismos para coibir a violência doméstica contra a mulher. Entre esses mecanismos está o aumento das punições em casos de agressões a parceiros

O  estudo também aponta que 40% das mortes de mulheres foram cometidas por parceiros íntimos. O índice é 6,6 vezes maior do que o número de assassinatos cometidos por parceiras contra parceiros.  Em relação às condições em que o crime foi cometido, metade das mortes foram realizadas com arma de fogo, 36% ocorreram nos fins de semana e 30% ocorreram em vias públicas. A grande maioria das vítimas é de mulheres negras (60%) e de 20 e 39 anos (54%).





Nenhum comentário:

Postar um comentário