quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Representante da Delegação da União Europeia visitou comunidades onde o PU atua


A Sra. Denise Verdade, representando a Delegação da União Europeia no Brasil, visitou algumas frentes de ação do Programa Urbano, Zona Leste da Cidade de São Paulo,  terça 9 de setembro. Na  etapa 2013/2015 o programa está desenvolvendo  o projeto “Promovendo Uma cidade Inclusiva e Sustentável”. A realização é da parceria entre Apoio – Associação de Auxílio Mútuo e MDF – Movimento de Defesa dos Favelados,  com Apoio de CAFOD -  a Agencia Católica para a Cooperação Internacional de Inglaterra e Gales) e financiamento da União Europeia. 

Na parte da manhã a visita começou na Cooperativa Recifavela.  Graças  ao  acompanhamento dos educadores do Programa Urbano, a iniciativa que começou debaixo do viaduto  agora está organizada em um galpão, cujo aluguel é pago pela prefeitura. Além da renda gerada para  os cooperados, com média de um salário mínimo mensal, a cooperativa também oferece  formação para outras cooperativas e educação ambiental, na comunidade, em empresas, escolas, igrejas e condomínios.   


Na Favela Estação  a Sra. Verdade,  conversou com famílias  que permanecem no local,  depois do incêndio ocorrido  em agosto 2012. Junto com os educadores do Programa Urbano elas resistiram  às pressões, para que abandonassem a área,  e agora  serão beneficiadas com um novo projeto de moradia. Até dezembro,  parte das 178 famílias deverão se mudar,  para o Conjunto Habitacional Teotônio Vilela e  as demais para o Jardim São Norberto.  
 A  visita no período da manhã terminou na Favela Vila Prudente, onde 10% das famílias deverão ser removidas, por conta das obras do monotrilho.  Graças a organização  dos moradores com apoio dos educadores do PU, uma área ao lado foi decretada de interesse social. A luta travada agora é no sentido de que o terreno seja adquirido pelo poder público para construção de moradias para as famílias que serão removidas da Favela Vila Prudente e outras demandas da região.   

Durante o almoço a representante da Delegação da União Europeia se reuniu  com  Coordenação do projeto e na parte da tarde, Denise Verdade encerrou a visita num encontro muito animado, ouvindo relatos de  mulheres que há 8 meses estão  em suas moradias definitivas, no Condomínio Brotas, no bairro de Arthur Alvim, também na Zona Leste.   
Zoélia, 64 anos;  Narice, 68 anos; Maria, 57 anos;  Aparecida, 58 anos; Regina, 56 anos. Narice contou que a emoção foi tão grande que desmaiou, quando recebeu o telefonema dizendo que já podia pegar a chave do apartamento. Zoélia diz que nem acredita até agora, pois nunca teve nada de seu. Maria caiu de joelhos. Histórias felizes, de uma vitória fruto da luta pelo direito à moradia, que foi acompanhada pelos educadores do Programa Urbano.