sexta-feira, 26 de junho de 2015

Túneis sem luz e ventilção e risco de desabamento na favela Jacaraipe


Finalmente a esperança de que teremos uma boa notícia. Educadores do Programa Urbano acompanharam a vistoria do Engenheiro responsável pela construção dos alojamentos da Favela Jacaraipe, na Av. do Estado. O objetivo é  para fazer um levantamento da situação atual e encaminhar relatório para Subprefeitura Vila Prudente. O alojamento provisório foi feito pela COHAB há 13 anos se transformou em um emaranhado de barracos sobrepostos e as famílias que ali residem estão correndo sérios riscos.

Para chegar em algumas moradias  da favela Jacaraipe é necessário percorrer túneis sem ventilação,
iluminados por lâmpadas, pois a luz do sol não entra. Os barracos que ficam na parte de baixo estão correndo sérios riscos, pois a viga, que sustenta 15 mil litros de água da caixa, está cedendo.

Esta favela, que ocupa uma área mista  (parte do terreno é da prefeitura e a outra parte da construtora Ibitirama) pegou fogo há 13 anos, na época foi construído um alojamento provisório de dois andares, para abrigar as famílias que perderam suas casas. De lá para cá outras famílias, sem-teto, foram ocupando por cima e virou um emaranhado insalubre e de alto risco. Não existe rota de fuga. Não existe ventilação. Meio dia se apagar a luz é noite. Os educadores do PU, junto com  as lideranças locais, vêm lutando junto ao poder público, em busca de providência urgente para a situação. 


O engenheiro que fez a vistoria e foi  o responsável pela construção do alojamento no passado, disse que vai sugerir a remoção das famílias. Será necessário uma ação conjunta da COHAB com a Secretaria Municipal da Habitação. Nós continuaremos apoiando a luta das famílias junto ao poder público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário